02/04/2011

Colangiografia

A colangiografia é um exame feito às vias biliares, para se poder ver o trajecto da bílis desde o fígado até ao duodeno. Este exame permite diagnosticar alguma obstrução à passagem da bílis, provocada por um tumor, cálculo (pedra) ou corpo estranho. Também permite verificar o funcionamento da ampola de vater, lesões, estreitamento ou dilatação dos ductos biliares.

Este exame pode ser feito por RX – colangiografia venosa, via endoscópica, trans-operatória – colangiografia transparietal, transcutânea ou trans-hepática e ressonância magnética. Nestes exames, a pessoa tem que estar em jejum e no dia anterior comer uma refeição ligeira, sem gordura.

Radiografia das vias biliares opacificadas

O exame é feito numa sala de RX, onde é administrado produto de contraste, através de uma veia. O contraste permite observar o trajecto da bílis.

Colangiografia endoscópica

Neste exame é introduzida uma sonda no aparelho de endoscopia, que é introduzido desde a boca até ao duodeno. A sonda é introduzida na Ampola de Vater, por onde é administrado o produto de contraste. De seguida é feito o Rx ao local do contraste.

Colangiografia trans-operatória

O exame é feito durante a cirurgia de remoção da vesícula biliar (colecistectomia). É administrado produto de contraste e realizados vários Rx.

Colangioressonância

O exame é feito através de ressonância magnética

Metodologia:

Paciente em decúbito dorsal, hipocondrio direito localizado e realiza-se uma radiografia simples

1- Injeta-se 5 ml de contraste e realiza-se uma radiografia

2- Injeta-se 5 ml de contraste e realiza-se outra radiografia

3- Injeta-se 10 ml de contraste e realiza-se outra radiografia

Um comentário: